MatheusMáthica: "O lado interessante e curioso da Matemática"

Sejam Bem-Vindos a MatheusMáthica....

Seguidores

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Formação Continuada de Professores de Matemática: o ensino de funções quadráticas mediado pelas tecnologias digitais.

OLIVEIRA, Mateus S. Formação continuada de professores de matemática: o ensino de funções quadráticas mediado pelas tecnologias digitais. 2015. 178f. Dissertação de Mestrado em Educação Matemática, Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus/BA.

RESUMO

Nos últimos anos, a formação de professores de Matemática tem se constituído como um campo de estudo privilegiado em Educação Matemática. No entanto, embora existam muitas pesquisas produzidas, o efeito desses estudos pouco tem se traduzido no seio da sala de aula, especificamente na realidade da escola pública brasileira. Com o intuito de possibilitar novas perspectivas para este cenário, a presente pesquisa visou compreender como o uso das tecnologias digitais pode contribuir para o ensino das funções quadráticas, a partir das reflexões produzidas por professores de Matemática inseridos num contexto de formação continuada na Educação Online. Para tanto, foram analisadas as contribuições presentes numa proposta formativa que envolveu um curso extensionista denominado Tecnologias Digitais no Ensino de Funções Quadráticas (TDEFQ), desenvolvido no período de março a maio de 2015, na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Metodologicamente, a proposta se estruturou como um estudo majoritariamente qualitativo, do tipo pesquisa participante. Enquanto técnicas de produção de dados foram utilizadas as entrevistas semiestruturadas, realizadas numa dimensão online, e a análise documental das atividades produzidas pelos professores-cursistas participantes, selecionados através de um critério específico, centrado na convergência da abordagem de seu trabalho de conclusão de curso ao discutir o ensino de funções quadráticas mediado por tecnologias digitais. Este processo foi complementado juntamente com as observações das interfaces utilizadas na proposta formativa. A fundamentação teórica se estrutura a partir de três eixos principais, a saber: a) a formação continuada, com ênfase nos estudos produzidos por Imbernón (2010), Nóvoa (1991, 1992, 1995, 1999) e Veiga (2010); b) as tecnologias digitais, com ênfase nos estudos produzidos por Lévy (2008, 2011); Borba e Penteado (2005) e Borba, Scucuglia, Gadanidis (2014); c) ensino de funções quadráticas, com ênfase nas discussões promovidas por Lima et al (2001, 2004, 2005), Valladares (2008), Stewart (2008) e Fiorentini (1995). Sendo assim, os resultados produzidos destacam as reflexões trazidas pelos professores evidenciam uma mudança nas suas práticas pedagógicas em relação ao ensino de funções quadráticas, pois os mesmos unanimente passaram a valorizar as tecnologias digitais como metodologias capazes ressiginificar o conteúdo matemático das funções quadráticas, a partir da construção de ambientes que valorizam a investigação, a experimentação e a visualização para o centro da atividade Matemática. Além disso, os espaços online interativos do curso mostraram uma diversidade de dados com uma riqueza e complexidade de informações, sobretudo, para revelar que o grupo de interlocutores do curso apresenta uma identidade própria para o desenvolvimento do trabalho de ensinar funções quadráticas com as tecnologias digitais. Por fim, as tecnologias digitais contribuíram para o ensino de funções quadráticas dos professores participantes da pesquisa, a partir das reflexões produzidas pelos mesmos e da ressignificação do conteúdo matemático pesquisado, decorrente do processo formativo vivenciado.


Palavras-Chave: Formação Continuada. Tecnologias Digitais. Ensino de Funções Quadráticas.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA – PPGEM

O Reitor em exercício da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura das inscrições para Seleção de candidatos para o Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática - PPGEM – NÍVEL MESTRADO ACADÊMICO.


DAS VAGAS E REQUISITOS DOS CANDIDATOS

A seleção, cujas inscrições são abertas pelo presente Edital, objetiva o preenchimento de 10 (dez) vagas do programa acima citado e não vão ultrapassar o limite de 10 (dez) vagas, na linha de pesquisa “Concepções, processos e práticas de ensino e aprendizagem”.

Podem candidatar-se ao mestrado acadêmico em Educação Matemática, os portadores de diploma ou de certificado de conclusão ou que sejam concluintes (até julho de 2015) de cursos de graduação plena em Matemática, reconhecidos pelo MEC.

Os diplomas, certificados ou declarações, emitidos pelas respectivas instituições de ensino, deverão ser de cursos pertencentes à área de Matemática, observadas a área de concentração e a linha de pesquisa descrita na página do PPGEM no portal da UESC (www.uesc.br).

DAS INSCRIÇÕES

As inscrições serão realizadas mediante os seguintes documentos, período, horário e local:

Quadro 1 – Documentos para inscrição
Período
De 06 de abril a 11 de maio de 2015.
Horário
Das 08h às 12h e das 13h30 às 16h.
Local
Protocolo Geral da UESC, Pavilhão Adonias Filho, Térreo, Rodovia Jorge Amado, km 16, Ilhéus, BA, CEP 45.662-900.



SELEÇÃO

O processo de seleção será realizado por uma comissão, e constará de:

a) Prova escrita de conhecimentos específicos; 
b) Análise do pré-projeto de pesquisa; 
c) Entrevista;
d) Análise do Curriculum vitae;
e) Prova de proficiência em língua estrangeira (Inglês).

Sobre a prova escrita de conhecimentos específicos do Mestrado em Educação Matemática da UESC:

a) A prova será realizada no dia 27 de maio de 2015 das 08h30 às 11h30, conforme o Quadro 2.

Quadro 2. Data e horário da  prova escrita de conhecimento específico
Data
Horário
Atividade
Local
27 de maio de 2015
08h30 às 11h30
Prova escrita de conheci-mento específico
No Campus da UESC em local previamente indicado




b) A prova escrita de conhecimentos específicos, a ser feita pelos candidatos, consistirá de análise de textos, perguntas e/ou situações-problema que permitirá ao candidato demonstrar conhecimentos, com base nos temas descritos no Anexo III deste edital.

c) O candidato, aprovado na prova escrita de conhecimentos específicos, encaminhará seu pré-projeto de pesquisa na data indicada neste edital, para o endereço eletrônico ppgem@uesc.br, conforme o modelo do anexo IV, numa versão em PDF, até às 16 horas do dia 08 de junho de 2015.

d) Caso o candidato não receba do PPGEM, no prazo de 24 horas, a confirmação de que o projeto foi recebido, este deverá entrar imediatamente em contato com a coordenação do programa no e-mail  <ppgem@uesc.br> e ou pelo telefone (73) 3680-5136.

A prova de proficiência em língua estrangeira (Inglês) acontecerá no dia 06 de julho de 2015, das 15h às 17h30 no Auditório do Pavilhão Max de Menezes.

O não comparecimento do candidato, impreterivelmente no dia, horário e local estipulados, inviabilizará a continuidade de sua participação no processo de seleção.

quinta-feira, 12 de março de 2015

Resultado do curso de extensão: Tecnologias Digitais no Ensino de Funções Quadráticas

O curso de extensão intitulado de Tecnologias Digitais no Ensino de Funções Quadráticas 2015 divulga o resultado dos candidatos selecionados.






terça-feira, 3 de março de 2015

Curso de extensão 2015, totalmente online, gratuito para professores de matemática

httpsdocs.google.comformsd1z10pN5MH-A3fjdhqrSnnkJlaDKIvXX2_X5HBlMFQq6Qviewform


EDITAL

UESC Nº 20

ABERTURA DE INSCRIÇÕES
CURSO DE EXTENSÃO “TECNOLOGIAS DIGITAIS NO ENSINO DE FUNÇÕES QUADRÁTICAS – TDEFQ”

A Reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, no uso de suas atribuições torna pública a abertura das inscrições para o Curso de Extensão intitulado Tecnologias Digitais no Ensino de Funções Quadráticas - TDEFQ.

1.    DAS INSCRIÇÕES:

Período
02 a 08 de março de 2015.
Inscrições

Exclusivamente pela Internet, através do link abaixo:
Caso não seja direcionado para o formulário de inscrição, digite o link abaixo no campo do endereço de seu navegador:
https://docs.google.com/forms/d/1z10pN5MH-A3fjdhqrSnnkJlaDKIvXX2_X5HBlMFQq6Q/closedform
Público-Alvo
Professores Licenciados em Matemática que atuem na Educação Básica.
Vagas do evento
16 (dezesseis) vagas
Inscrições gratuitas

2.    DO CURSO: Esta proposta trata-se de um Curso de Extensão com encontros presenciais síncronos e assíncronos a serem realizados de acordo com o cronograma abaixo:

Encontros
Data
Horário de Brasília
18 de março de 2015
19h às 22h
25 de março de 2015
19h às 22h
1º de abril de 2015
19h às 22h
15 de abril de 2015
19h às 22h
29 de abril de 2015
19h às 22h
13 de maio de 2015
19h às 22h

Ao se inscrever o candidato assume a disponibilidade de participar de todos os encontros realizados nas datas especificadas acima, pois a presença às atividades a serem realizadas nestas datas é obrigatória.

Mais informações:
3. DO PROCESSO SELETIVO: Os candidatos deverão preencher a ficha de inscrição, disponível no link descrito acima. Em seguida, deverão no próprio formulário encaminhar uma carta de intenções que será utilizada como critério de seleção e deve ter no mínimo 15 e no máximo 20 linhas, destacando as intenções do candidato em participar do curso. As cartas serão analisadas a partir dos seguintes critérios: a) exposição objetiva das ideias; b) capacidade de argumentação do candidato; c) identificação do candidato com a proposta a ser desenvolvida; d) descrição de como a proposta contribuirá com a formação docente do candidato. Salientamos que no corpo do texto da Carta de Intenções não deve conter nenhum elemento que identifique os candidatos.
4. DOS CERTIFICADOS: Farão jus a certificados todos os participantes que, devidamente aprovados neste processo seletivo, frequentarem regularmente pelo menos 75% da carga horária das atividades do curso, sem nenhuma ausência nas datas destacadas acima e, consequentemente, apresentem a proposta de atividade conclusiva do curso, conforme orientações destacadas no planejamento pedagógico do curso de extensão.
 
Campus Prof. Soane Nazaré de Andrade, em 2 de março de 2015.


ADÉLIA MARIA CARVALHO DE MELO PINHEIRO

REITORA