MatheusMáthica: "O lado interessante e curioso da Matemática"

Sejam Bem-Vindos a MatheusMáthica....

Seguidores

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Henry Briggs

Briggs
Henry Briggs (1561-1630)

Henry Briggs foi um matemático inglês, nasceu em fevereiro de 1561, e morreu em 1630. Depois de estudar Medicina na faculdade Sant John, em Cambridge, escola fundada por Thomas Linacre médico que percebeu que estava na hora de se formar médicos já que o conhecimento sobre o corpo humano vinha se acumulado e a ciência de curar não podia ser mais tarefa para barbeiros e clérigos, Briggs se interessou pela Matemática e acabou professor de geometria no Colégio de Londres. 

Quando da divulgação das Tábuas de Logaritmos descobertas por Napier,  Briggs, passou por duas emoções: deslumbramento pela simplicidade e praticidade da idéia e consternação por não ter sido o inventor, mas ainda conseguiu pegar uma raspinha da fama.

Escreveu a um amigo cheio de admiração: “Napier, senhor de Markinston, mexeu com a minha cabeça quando li seu trabalho com logaritmos, coisa nova e admirável. Eu espero vê-lo este verão, se for favorecido por Deus, porque nunca vi um livro que me satisfisesse mais ou me deixasse mais maravilhado”. Nesta época ele vinha estudando Astronomia e percebeu uma maneira de tornar os logarítmos mais simples.

Viajou até Edimburgo para conhecer o colega e compartilhar informações, a visita durou um mês. Napier usava a letra e como representação da fração decimal infinita 2,7182818284 (isto é conhecido como logaritmos naturais). O inglês argumentou em favor de se usar e como representação do número 1 (este modo é chamado de logaritmos comuns ou briggsianos). Está aí o pedaço da fama que ele acabou levando na descoberta do outro. Além disso, foi um incansável divulgador desta facilitação nos cálculos. 

Em 1617, após a morte de Napier, ele publicou Aritmética Logarítmica com as tábuas de logaritmos calculadas por ele que iam de 1 até 20.000 e de 90.000 até 100.000. Também continha tabelas das funções naturais do seno com até 15 casas decimais e das tangentes e segundos até a décima casa. Inventou, também, o método moderno de resolução de divisões longas.

Foi o homem mais responsável pela aceitação dos LOGARITMOS pelos cientistas. Em 1619 ele foi designado o professor de geometria em Oxford. Briggs publicou trabalhos em navegação, astronomia, e matemática. Ele propôs os logaritmos “comuns”, com base dez, e construiu uma tabela de logaritmos que foi usada até o século XIX. 

Principais obras:  

Logarithmorum chilias prima; 

Arithmetica logarithmica



Referência:

Site: Guia para a história do cálculo (complemento dos texto da 10ª edição do livro de Cálculo do Thomas)
Site: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário