MatheusMáthica: "O lado interessante e curioso da Matemática"

Sejam Bem-Vindos a MatheusMáthica....

Seguidores

sábado, 12 de junho de 2010

A matemática da paixão


De mais de dois mil beijos que te dei,
um beijo apenas dei apaixonado.
E esse beijo nunca mais foi dado
nas muitas outras bocas que beijei.





O beijo foi um xis, posto ao quadrado,
no ene infinito do desejo.
E assim, na matemática do beijo,
o beijo é o amor simplificado.


Pitágoras mostrou, em teorema,
o que poetas mostram em poemas:
A soma do quadrado dos catetos


define a hipotenusa da paixão.
E na raiz de tal equação
estão quatorze versos e um soneto.


Autor: Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário