MatheusMáthica: "O lado interessante e curioso da Matemática"

Sejam Bem-Vindos a MatheusMáthica....

Seguidores

sábado, 31 de dezembro de 2011

Carta de amor de um estudante de matemática

Meu querido amor,

Ontem, eu estava passando por sua casa retangular no plano trigonométrico. 

Vi vocêcom o seus olhos circulares lindos, rosto, nariz cônico e esférico, de pé em seu jardim triangular.

Antes de vê-lo, meu coração transformou em um conjunto nulo, mas quando um vetor de magnitude (semelhante) de seus olhos em um desvio de radianos teta, fez uma tangente ao meu coração, está diferenciada.

Meu amor você é uma equação quadrática e com raízes reais, onde podemos resolver fazendo boa relação binária. 

O cosseno do meu amor por você estende ao infinito. 

Eu prometo que eu não deveria resolve-lo em funções parciais, mas se eu fizer isso, você pode integrar-me através da aplicação dos limites de zero ao infinito.

Você é tão essencial para mim, como um elemento de um conjunto. 

A geometria da minha vida e que gira em torno de sua personalidade aguda.

Meu amor, se você não me encontrar na parábola do restaurante na data de 10 ao pôr do sol, quando o sol está fazendo um ângulo de 160 graus, o meu coração seria como um polinômio resolvido de 10 graus. 

Com amor de sua derivadas de ordem superior de máximos e mínimos, de uma função desconhecida.

Referência:

Blog


Nenhum comentário:

Postar um comentário