MatheusMáthica: "O lado interessante e curioso da Matemática"

Sejam Bem-Vindos a MatheusMáthica....

Seguidores

sexta-feira, 12 de março de 2010

DIREITO

Com base nas leis e na Constituição do país, o advogado é o profissional legalmente habilitado para representar e defender os interesses de seus clientes em qualquer juízo ou tribunal e também nas questões não judiciais.


Sempre sujeito a um código de ética, o advogado é o único que pode elaborar e subscrever petições iniciais, contestar memoriais, razões, minutas e contraminutas em processos, entrar com habeas-corpus, recorrer nas decisões judiciais, fazer contratos e exercer defesa.

No entanto, para o exercício da profissão após a conclusão do curso, é necessário fazer estágio e submeter-se a um exame da OAB - entidade que exerce função de fiscalizadora da capacitação dos profissionais da área.
O bacharel em Direito pode dedicar-se à área jurídica, tornando-se delegado de polícia, promotor de justiça ou juiz de Direito. Como promotor, elabora pedido, contestações, réplicas, memoriais. Na área de magistratura, pode atuar como juiz, desembargador ou ministro. O ingresso nessas carreiras é feito através de concurso público.

Há, ainda, outras opções para o advogado, como trabalhar em assessoria e consultoria jurídica de empresas públicas e privadas ou o magistério superior, caso escolha a carreira acadêmica.

A matemática possui um papel complementar - porém importante no dia-a-dia desse profissional quando trabalha com causas que envolvem bens, valores, partilhas e heranças.


Referência:

Machado, Antônio dos Santos. Matemática na escola do 2º grau - Vol 1. S. Paulo: Atual, 1996

Nenhum comentário:

Postar um comentário