MatheusMáthica: "O lado interessante e curioso da Matemática"

Sejam Bem-Vindos a MatheusMáthica....

Seguidores

quinta-feira, 11 de março de 2010

François Viete

Viete
Viete, François (1540-1603)

François Viète nasceu em Fontenay, França. Estudou direito na Universidade de Poitiers e passou muito de seu tempo estudando matemática e criptografia enquanto mantinha uma carreira bem-sucedida como advogado. Mais tarde ele aplicou a trigonometria básica à astronomia e escreveu Harmonicum coeleste. 

Em 1579 publicou Canon mathematicus seu ad triangula. Mais tarde concentrou seus esforços em álgebra e geometria. Publicou In artem analyticem isagoge em 1591 e Supplementum geometriae em 1593. Essas obras foram as primeiras a introduzir a notação algébrica simbólica e as técnicas para ângulos trissecados. 

Ele simplificou a notação da álgebra e foi um dos primeiros a utilizar letras para representar números. Seu livro De aquationum recognitione et emendatione foi publicado apenas após sua morte. Ele continha a teoria das equações, incluindo metódos para resolução das polinomiais de segundo, terceiro e quarto graus e a introdução dos termos negativo e coeficiente.        

É conhecido como o pai da álgebra moderna porque foi o primeiro a usar letras para representar variáveis. Além disto, este matemático foi também um dos melhores criptoanalistas da sua época, pois, segundo a história, Viéte conseguiu quebrar um código secreto usado pela Espanha, formado por, aproximadamente, 600 caracteres, conseguindo com isto uma vantagem para seu país na guerra travada contra a Espanha durante dois anos. O rei Felipe II da Espanha estava tão seguro de seu código secreto que acusou Viéte de que a França estava usando magia contra seu país.


Principais obras: 

Harmonicum coeleste;   
Canon mathematicus seu ad triangula;  
De aquationum recognitione et emendatione; 
Artem analyticem isagoge; 
Supplementum geometriae.


Referência:

Site: Guia para a história do cálculo (complemento dos texto da 10ª edição do livro de Cálculo do Thomas)
Site: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário