MatheusMáthica: "O lado interessante e curioso da Matemática"

Sejam Bem-Vindos a MatheusMáthica....

Seguidores

quinta-feira, 25 de março de 2010

Sudoku

Sudoku, por vezes escrito Su Doku, é um quebra-cabeça baseado na colocação lógica de números. Seu formato é mais frequentemente uma grade de 9×9 constituída de sub-grades de 3×3 chamadas de regiões (outros termos incluem caixas, blocos, algumas vezes porém o termo quadrante é utilizado, apesar de ser um termo impreciso para uma grade de 3×3). Algumas células já contém números, chamadas como números dados (ou algumas vezes pistas). O objetivo é preencher as células vazias, com um número em cada célula, de maneira que cada coluna, linha e região contenham os números 1 a 9 apenas uma vez. Portanto, na solução do jogo, cada número aparece apenas uma vez em qualquer um dos sentido ou regiões, daí portanto "únicos números" originaram o nome do jogo ou enigma.

As possibilidades
 
O primeiro passo é analisar cada linha, coluna e célula e encontrar os números que poderiam ser colocados ali - ou seja, aqueles que ainda não existem em nenhuma dessas 3 posições. Comece sempre pelos grupos que têm mais números-pista já dispostos. O ideal é anotar todas as possibilidades a lápis, para poder ir apagando depois.

Tirando da reta
 
Nas casas em que só há uma possibilidade, você já tem o resultado. Escreva o número e exclua-o das outras casas que estejam na mesma linha, coluna ou célula. Repita o processo várias vezes, até preencher todo o quadrado. 

 



Níveis de dificuldade

A atração do jogo é que as regras são simples, contudo, a linha de raciocínio requerida para alcançar a solução pode ser complexa. O Sudoku é recomendado por alguns educadores como um exercício para o pensamento lógico. O nível de dificuldade pode ser selecionado para combinar com o público. A maioria das publicações classifica seus enigmas do Sudoku em quatro níveis de dificuldade, os títulos de alguns jogos são classificados de "fácil", "intermediário", "difícil", e "desafiador". Sudoku assim como na maioria dos outros enigmas de lógica pura, apresenta uma única solução possível. Existem diversas fontes na Internet não ligadas a editoras que disponibilizam os jogos gratuitamente.

História
 
O primeiro conceito do Sudoku foi criado no século XVIII pelo matemático suíço Leonhard Euler e recebeu o nome de Quadrados Latinos. Ninguém sabe direito de onde vem esse nome. Alguns acreditam que seja pelo fato de os latinos perderem a paciência muito rapidamente e o mesmo acontecer quando alguém se aventura nesse jogo. quando Euler perdeu a visão devido a catarata, ele passou a desenvolver a capacidade de fazer contas de cabeça com grandes números, além do talento de criar quebra-cabeças.

Os Quadrados Latinos ficaram aparentemente esquecidos até os anos 70, quando uma empresa americana redescobriu o jogo e lançou-o no mercado com o nome de Lugar dos Números, com pouco sucesso. Em 1984, a Nikoli, maior empresa japonesa de quebra-cabeças, descobriu o jogo e decidiu levá-lo àquele país. Dito e feito. O jogo foi primeiro introduzido no mercado japonês com o nome de “suuji wa dokushin ni kagiru”, que significa “os dígitos devem permanecer únicos”. Esse palavrão foi logo abreviado para duas simples palavras “Su”, que significa “número” e “Doku”, que é “único”.

Em 1986, depois de alguns aperfeiçoamentos no nível de dificuldade e na distribuição dos números, o sudoku tornou-se um dos jogos mais vendidos do Japão, onde os jogos numéricos são mais populares que palavras-cruzadas e caça-palavras, que não funcionam muito bem na língua japonesa. Wayne Gould havia criado um programa de computador que gerava jogos de sudoku com vários níveis de dificuldade e não estava cobrando nada por ele. Assim The Times decidiu arriscar e no dia 12 de novembro de 2004 publicou seu primeiro sudoku. No Brasil, o Sudoku é publicado pelas Revistas Coquetel (Ediouro) desde o início de 2005.

Diversidade
 
Apesar de a grade 9×9 com regiões 3×3 ser de longe a mais conhecida, diversas variações abundam: amostras do enigma podem ser formado por um quadrado bidimensional, dividido em 16 casas na versão 4x4, 36 casas na versão 6x6.













Boa sorte...

Nenhum comentário:

Postar um comentário