MatheusMáthica: "O lado interessante e curioso da Matemática"

Sejam Bem-Vindos a MatheusMáthica....

Seguidores

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Evangelista Torricelli


Torricelli
Evangelista Torricelli (1608 - 1647)


Cientista italiano nascido em Faenze, perto de Modigliana, que então integrava os Estados Pontifícios, com contribuição notável no campo da física e da mecânica. Torricelli perdeu o pai muito cedo e foi educado pelo tio, um monge. Foi esse o seu primeiro mestre, até que atingiu a idade necessária para ser aceito numa escola de jesuítas. Em 1627, com dezenove anos, inscreveu-se na Universidade de Roma. Aí, estudou matemática sob a orientação de Abbe Benedetto Castelli. Ele tinha como colegas alguns futuros matemáticos de fama, como Cavalieri e Ricci. 



Escreveu um tratado sobre mecânica, De motu gravium naturaliter descendentium et proiectorum (1641), brilhante comentário ao terceiro diálogo dos discursos de Galileu. Foi apresentado por Castelli para Galileu que se impressionou com seu estudo e a solução para trajetórias parabólicas de projéteis disparados no ar. Desde então, convidado a radicar-se em Florença, onde Galileu passava os últimos anos de sua vida em prisão domiciliar, para trabalhar como secretário e assistente de Galileu, tornou-se seu companheiro de confiança no trabalho nos últimos meses de vida do astrônomo. 

Foi então nomeado para substituir o mestre como matemático do grão-duque da Toscana e professor de matemática  na universidade de Florença. Conhecido como exímio laboratorista, retomando a uma idéia de Galileu, realizou experimentos com um tubo parcialmente cheio de mercúrio, no interior do qual conseguiu, pela primeira vez, fazer vácuo. Na obra Opera geometrica (1644) incluiu descobertas sobre o movimento dos fluidos e a trajetória dos projéteis, relatou a altura e o peso barométrico da atmosfera utilizando colunas de mercúrio e traçou a trajetória de um jato de líquido em queda livre. 


Das experiências com vazões em tubos e orifícios, de onde elaborou o famoso teorema de Torricelli ( Vf² = Vi² + 2gh ) que foi fundamental para o desenvolvimento do estudo fluido dinâmico de orifícios e bocais. Depois de várias experiências, concluiu que as variações na altura da coluna de mercúrio eram causadas por mudanças na pressão atmosférica, inventando o barômetro (1648), a princípio chamado de tubo de Torricelli, embora historicamente haja divergências em função de indicações de que esta invenção deve-se a outros discípulos de Galileu, a saber, Vivianni, Maggiotti e Berti. 

Torricelli aperfeiçoou o telescópio e construiu um tipo rudimentar de microscópio. Acredita-se que Torricelli tenha aprendido diretamente de Galileu a arte de fabricar lentes. Além disso, desenvolveu um sistema para controlar a perfeição das superfícies obtidas. Suas peças se tornaram famosíssimas em todos os círculos científicos da época. Seus instrumentos ópticos alcançaram tal perfeição que o tornaram famoso por toda a Europa. 

Ele também leva a fama pela descoberta de um sólido infinitamente longo que hoje é chamado Trombeta de Gabriel, cuja área superficial é infinita, mas cujo volume é finito. Esta propriedade foi vista como um paradoxo "incrível" por muitos contemporâneos (incluindo o próprio Torricelli, que tentou várias demonstrações alternativas), e desencadeou uma controvérsia sobre a natureza do infinito com o filósofo Hobbes. Alguns supõem ter sido esta a origem da ideia de um "infinito completo".


No campo da geometria, ajudou ao desenvolvimento do cálculo integral, enunciando o teorema que permite determinar o centro de gravidade de qualquer figura geométrica por meio da relação de duas integrais. Ele aplicou a matemática ao jato do fluido e ao movimento dos projéteis. Desenvolveu métodos semelhantes ao cálculo para calcular o comprimento do arco e encontrar os infinitesimais. Ocupado com a matemática, especialmente com o estudo da ciclóide, Torricelli nunca publicou suas experiências físicas.  Em outubro de 1647 Torricelli foi atacado por uma febre tifóide que, a 25 do mesmo mês, o levou à morte.


Referência:

Site: Educacional
Site: Geocities
Site: UAEC
Site: Wikepédia


Nenhum comentário:

Postar um comentário